Como eu conseguia viajar sem um smartphone?

Aqui vai um texto escrito por Antonio Frey de Alencar para o Planeta BM, após uma maravilhosa viagem de duas semanas pela Europa. O autor é um usuário experiente dos smartphones e seus recursos. Felizmente, ele é também um leitor do blog e tomou a iniciativa de dividir conosco suas excelentes dicas!! Aí vai:

Acabei de retornar de uma viagem a Europa e fiquei pensando…  Como eu conseguia me virar sem todos os recursos disponíveis hoje em dia e que facilitam tanto a vida de um viajante?
Abaixo fiz uma relação de todos os aplicativos extremamente úteis que usei durante meus dias no velho continente. Recomendo fortemente que você também abuse e use dessas ferramentas, pois elas tornarão sua vida (e viagem) muito mais prática e tranquila. Afinal, a última coisa que a gente quer é ter dor de cabeça durante as férias!
smartphone-623722_1920

Como economizar em reservar de hotéis

Não sei como eu conseguia…

  • Comprar os vôos mais diretos e baratos sem o Kayak?
  • Escolher e reservar os hotéis mais bem localizados e avaliados sem as apps Hoteis.com ou Booking.com?
  • Como escolher e reservar um carro sem o Travelocity?
  • Anotar tudo: reservas, vôos, trens, dicas de viagem, e não esquecer nada sem o Evernotes?
  • Vencer o desafio de comprar passagens de trens (classes, assentos, baldeações, etc) sem aplicativos como GoEuro ou DB Navigator?
  • Como não se enganar ou ser roubado no câmbio de moedas sem o XE?
  • Não precisar imprimir as passagens e cartões de embarque usando os apps das companhias aéreas.
  • Planejar e consultar o roteiro e orçamento sem o Excel no smartphone?
  • Como saber da história de países, cidades e civilizações sem a Wikipedia?
  • Como não se perder nas cidades sem as rotas traçadas a pé ou encontrar um restaurante ou loja preferida nas proximidades sem o Google Maps?
  • Como não se perder sem o nosso insubstituível Waze?
  • Como saber a melhor opção e combinação de transporte coletivo ônibus, bonde ou metrô sem o Moovit?
  • Como não se perder no metrô sem o Metro24?
  • Como saber onde e quando pegar, e as atrações de cada ponto nos Citytours de ônibus tipo hop on hop off, sem apps como o Big Bus?
  • Como traduzir textos ou voz sem o Google Translator?
  • Como saber as atrações e landmarks das cidades sem o Google Trips ou Trip Advisor?
  • Como economizar a salgada conta de táxi sem o Uber?
  • Consultar/ buscar qualquer coisa no Google?
  • Como identificar e obter informações com sua câmera ou fotos já tiradas, de estátuas, monumentos e castelos sem o Google Goggles?
  • Como saber aonde tirei aquela foto e sua posição no mapa, sem o registro automático da posição pelo GPS na própria foto através da câmera e o Google Fotos?
  • Como preparar e arrasar mostrando aos amigos e parentes um vídeo “profissional” com fotos, textos, vídeos e músicas sem o Moviemaker?
  • Como compartilhar fotos ou vídeos ao longo da viagem sem o WhatsApp?

E vocês, quais aplicativos consideram essenciais aos viajantes? Deixem seus comentários! 😉

5 formas de arruinar seu mochilão

Para mais textos sobre a Europa, clique aqui!