Conversando com algumas pessoas que já haviam estado no país, ouvi dizer que Bruges era o melhor destino para o turismo na Bélgica e, depois da experiência, acredito que seja mesmo. Dizem que Bruxelas não se diferencia muito de outras grandes cidades europeias e que, apesar de ter sua beleza, não se compara ao charme de Bruges. A propósito, charme é uma palavra que tem tudo a ver com essa cidade!

bruges-801054_1920

bruges-983821_1920

Para aqueles que gostam de fotografar, cada cantinho é realmente um convite aos cliques. A arte está em tudo, nas construções antigas, harmoniosas e bem conservadas, nas carroças que circulam pelo centro, nos maravilhosos jardins, nas pontes, no rio que corta a cidade, nas ruas residenciais, enfim, em tudo mesmo.

Apaixone-se por mais uma cidade européia: Cardiff, no País de Gales! Clique aqui.

brugge-327865_1920

Durante meu mochilão pela Europa, peguei um trem de Paris a Amsterdã e decidi fazer uma escala em Bruges, graças aos conselhos de amigos e de outras pessoas que conheci nos albergues. Como a cidade é bem pequena e meu roteiro estava apertado, optei por não pernoitar e gastei apenas 4 horas batendo perna antes de pegar o próximo trem.  Claro que teria sido delicioso poder passar mais tempo por lá, mas mesmo essas poucas horas já foram suficientes para eu me apaixonar por Bruges e poder dizer com toda a certeza que vocês também amarão conhecer a tal cidadezinha belga.

architecture-326632_1920

belgium-355648_1920

Se você pretende se aventurar por Bruges, pode facilmente pesquisar algumas de suas atrações na internet. Porém, na minha sincera opinião, o mais gostoso é simplesmente esquecer qualquer roteiro, passear livremente pelas ruas, seguindo apenas sua intuição e curiosidade ao explorá-las, deixando-se maravilhar pela magia em cada detalhe. Então, esqueça o GPS, coloque um mapa no bolso apenas por precaução, mas não fique peso a ele. Circule preocupando-se em curtir o passeio de forma bem descomplicada, apreciando o que encontrar pela frente (que serão muitas coisas lindas). Em quatro horas a pé, sem  GPS nem mapa, eu andei por quase toda a cidade e não me perdi. Antes que meu trem para Amsterdã saísse, eu já estava de volta à estação.

Aproveitando a parada na Bélgica, não deixe de provar os deliciosos chocolates que eles produzem. A qualidade é muito superior à do Brasil, vale a pena recuperar dessa forma as calorias queimadas durante a caminhada.

bruges-1137028_1920

Se quiser ter uma ideia melhor da cidade, vou deixar aqui uma boa dica! Trata-se de um filme sensacional que assisti um tempo atrás, chamado In Bruges (título em inglês). É uma comédia inglesa que tende para o humor negro. Foi lançado em 2008 e traz lindas fotografias de Bruges, proporcionando uma viagem sem sair do sofá!
Colin Farrell atua divinamente, junto com seu parceiro interpretado por Brendan Gleeson. Na história, eles são dois matadores que são enviados a Bruges pelo seu chefe, que não deixa claro os motivos da viagem. Ray (Colin Farrell) detesta a cidade pacata e não economiza nas críticas recheadas de muito bom humor. Risadas espontâneas são garantidas. No Brasil, o filme dirigido por Martin McDonagh e ganhador de vários prêmios recebeu o nome de Na Mira do Chefe, sabe-se lá porque.