Viajar para a Europa é mágico. Morar lá por um tempo (ou permanentemente) é mais mágico ainda! E já que o assunto é “magia”, nada mais justo do que mencionar a Irlanda, a famosa terra dos contos de fadas. Atualmente, muitas pessoas têm procurado esse destino encantado para passear ou para estudar e trabalhar. Uma das principais vantagens de se fazer um intercâmbio no país é que o visto de estudante permite que você também trabalhe! Além disso, o custo de vida é mais baixo quando comparado a outros famosos destinos europeus, como Londres.

O Planeta BM já disponibilizou uma entrevista completa com a Andréa, uma intercambista que mora em Galway, na Irlanda. Lá ela explicou muita coisa sobre sua vida na Europa e deu dicas valiosas para quem também sonha em encarar essa aventura. Quem ainda não conferiu, clique aqui e acesse o conteúdo. Graças ao sucesso da matéria, a Andréa foi convidada a participar novamente do blog, dessa vez com um vídeo exclusivo e altamente esclarecedor sobre moradia em Galway. Ela contou tudo sobre os custos e tipos de acomodação onde mora, além de mostrar cada cantinho do seu apartamento. Veja você mesmo:

10 dicas preciosas para potencializar seu intercâmbio

Aqui no Brasil é mais comum que as pessoas saiam da casa dos pais apenas se forem estudar/trabalhar longe, ou quando se casam. Na Europa, no entanto, é muito comum que as pessoas se independam mais cedo e faz parte da cultura de lá dividir casa/apartamento com outras pessoas. Um dos motivos pelos quais as pessoas costumam morar com outras é para economizar, pois os despesas com moradia pesam no orçamento. Tudo isso quer dizer que é importante ter em mente que muito provavelmente você irá morar com mais gente se decidir passar uma temporada na Irlanda ou em qualquer parte da Europa.

Não precisa entrar em pânico! Dividir moradia tem sua vantagens e pode ser muito divertido. Você terá companhia nos momentos de solidão e poderá contar com alguém para ajudar nos afazeres domésticos. Grandes amizades podem florescer dessas convivências e é sempre bom ter alguém com quem contar quando estamos tão longe da família e dos amigos de longa data.

pinky

A surpreendente verdade sobre morar em uma casa de família

Por outro lado, é claro que a convivência com estranhos pode trazer desconfortos e problemas. Por isso, é fundamental que você tente se precaver ao máximo. Certifique-se de que as pessoas com as quais vai morar são de confiança e têm hábitos não muito diferentes dos seus. Mantenha um diálogo amigável e sincero com os demais moradores e, antes de se mudar, esclareça tudo o que for possível. Pergunte sobre a divisão de deveres domésticos, contas e o que mais julgar importante. Faça a sua parte e procure sempre comunicar suas necessidades de forma clara, porém gentil.

agree

Se você gostou do vídeo, inscreva-se no canal do Planeta BM e também nos acompanhe pelo Facebook (clique aqui).

Fazer intercâmbio engorda? Entenda os motivos

5 motivos para escolher a Austrália para o seu intercâmbio

Como é a vida em Toronto, no Canadá? Entrevista com Junia