Dez anos atrás eu me despedia de Londres, com dor no coração. Após quase 2 anos morando nas terras da rainha e descobrindo infinitas coisas sobre mim e sobre o mundo, havia chegado a hora de voltar para o Brasil. E eu parti. Fiz as malas e deixei para trás um trabalho árduo mas também divertido, um quartinho bacana em Tooting Broadway e alguns amigos queridos. Levei comigo muitas lembranças deliciosas, outras mais pesarosas, várias lições e uma bela coleção de histórias pra contar. Definitivamente, Londres marcou a minha vida.

Hoje, depois de tanto tempo, fico intensamente feliz por ter mantido os vínculos e o carinho por algumas das pessoas que conheci em Londres no passado e que foram (e continuam sendo) tão importantes para mim. O Miguel é uma delas! Um cara excêntrico, radiante, cheio de energia e atitude, que eu conheci em uma das baladas mais doidas que já fui. Foi assim que tudo começou. Rolou uma sintonia imediata, sempre nos divertimos à beça e nos tornamos amigos verdadeiros. Amigos a ponto de frequentar a casa um do outro, desabafar, passar natal junto, enfim, tudo o que uma amizade real tem direito.

Por que Camden Town é o lugar mais insano de Londres?

E, agora, os mistérios dessa vida fizeram nós nos encontrarmos novamente bem aqui, na cidade mais linda e louca da Europa: Londres! Como estou passando uns dias em sua cia, aproveitei para bater um papo (e filmar) sobre sua vida aqui, seu trabalho, os percursos percorridos, alguns perrengues e considerações sobre a vida nesse canto do mundo. O resultado está aí:

Londres: Onde eu descobri o que é felicidade

As lições que aprendi quando deixei o Brasil

Se você gostou desse vídeo e o achou útil, compartilhe com seus amigos! 🙂

Lembre-se também de se inscrever no nosso canal do Youtube (clique aqui) para ficar sempre informado sobre os próximos vídeos.