Foi como se eu tivesse caído de paraquedas em Cardiff. Cheguei ao País de Gales sem ter nenhuma ideia do que havia por lá, pois sou dessas que tem cinco minutos de loucura, compra uma passagem só porque está barata e vai na fé!

Dizem que as expectativas são as grandes culpadas das nossas frustrações, então talvez seja essa a maior vantagem de agir por impulso: não ter tempo de criar tantas expectativas.

Mas deixe eu explicar direito. Eu estava em Londres, de férias na casa de uma amiga, e queríamos aproveitar ao máximo esses dias, ou seja, ir para outras cidades, explorar tudo o que fosse possível. Aí encontramos passagens de ônibus super baratas para Cardiff, no País de Gales e decidimos conhecer, por que não? Simples assim, compramos as passagens e fomos, sem imaginar exatamente o que encontraríamos. Por sorte, acertamos em cheio!

Rathaus vom Rathausplatz aus gesehen

Que cidade maravilhosa! Já conheci muitos destinos desse mundo que me agradaram imensamente (e ainda tenho muitos a conhecer), porém são poucos os lugares nos quais consigo me imaginar permanecendo por um longo período, talvez morando indefinidamente. Cardiff é um desses raros lugares.

Conhecida por ser a mais nova capital da Europa, a cidade encanta em todos os detalhes. São jardins bem tratados e muitas flores pelas ruas. Mais precisamente, são 330 parques e jardins que fazem de Cardiff uma das cidades mais verdes do Reino Unido. Parece que cada cantinho foi regado com amor e carinho.

O centro é uma graça, mistura harmoniosamente o antigo e o moderno e tem tudo o que você pensar ao seu dispor: hotéis de luxo, albergues econômicos, lojas, bancos, restaurantes, pubs, clubs, etc. Muitas das redes são as mesmas da Inglaterra. Como minha amiga era de lá e eu também morei por quase dois anos em Londres, essas semelhanças fizeram a gente se sentir em casa!

Que tal aproveitar para conhecer também Bruges, a cidade mais encantadora da Bélgica? Clique aqui!

cardifff cardiff

cccard

Tudo é extremamente bem cuidado, com estilo e elegância. A cidade é limpa, organizada, bem estruturada para os turistas, fácil para se locomover. Fizemos a maior parte dos passeios a pé.

Bem ao centro, existe um castelo que lembra aqueles desenhos da infância, nos quais há um castelo no alto de um monte cercado por águas, sabem? Pelo menos na minha infância havia essa referência rs… De qualquer forma, o fato é  que vale a pena passar por lá. É extremamente improvável que alguém não vá até esse castelo estando em Cardiff (inclusive pela sua localização estratégica), mas mesmo assim reforço que a visitação é uma obrigação para os turistas!

cardiff-castle-1124539_1920cardif carddiff

carddiff cardiiff

A cidade fica na costa, mas não possui praias próprias para banho, como viemos a descobrir posteriormente. Minha amiga estava louca para curtir uma praia, então reservamos um dia só para isso. Pegamos um taxi e fomos até o outro lado da cidade, onde fica o Penarth Pier, construído em 1894.

A praia não rolou, não há areia, apenas cascalho e não estava quente o suficiente, apesar do sol. Mas nem por isso o passeio foi em vão. Conhecer essa outra parte de Cardiff foi ótimo, curtimos o sol no pier e passeamos pela região que é cheia de charme e sofisticação.

cardddiff ccardiff

Penarth_Pier_2013 Penarth_Pier_Refurbished cardifffff

Apesar do dialeto local, todos falam inglês perfeitamente. Minha amiga e eu fomos muito bem tratadas e saímos com uma ótima impressão do país. Ficamos hospedadas em um albergue chamado Nomad (clique aqui). Pagamos pouco e ficamos mais do que satisfeitas. A localização é perfeita (5 minutos caminhando até o centro), tem wifi e café da manhã inclusos. As acomodações são bem razoáveis – eu prezo muito pela limpeza dos lugares e esse foi aprovado -, mas sem luxo, claro (afinal, é um albergue). Se pensar em ir para lá, não deixe de conferir o site deles e de voltar aqui para contar sobre a sua experiência em Cardiff.