Muita gente tem reclamado de 2016 com razão. Principalmente no Brasil, este foi um ano extremamente conturbado e instável, com direito até a impeachment. Tragédias trouxeram muita comoção, como foi o triste caso do acidente aéreo com o time do Chapecoense. Além disso, figuras importantes encerraram sua jornada na Terra neste ano, a citar o ator Domingos Montagner, a atriz Elke Maravilha e o psiquiatra Flávio Gikovate, cujo trabalho aprecio demais . Na verdade, a lista de pessoas conhecidas que faleceram em 2016 é tão extensa que eu poderia escrever um livro só sobre isso… mas não vou.

No cenário internacional, a coisa não foi muito melhor. Nos despedimos de celebridades marcantes, como David Bowie, Prince e Rubén Aguirre (professor Girafales, do Chaves). Os últimos 12 meses também trouxeram surpresas inquietantes, como a eleição de Trump, nos Estados Unidos, e muitos infelizes atentados terroristas mundo afora. A preocupação esteve presente do começo ao fim de 2016 e certamente nos acompanhará em 2017. Portanto, não tiro a razão daqueles que falam mal deste ano polêmico.

10 Leis gringas que você não vai acreditar que existam – mas existem!

Pensando agora na minha vida em particular, também houveram turbulências. Este ano foi, sem dúvidas, qualquer coisa menos insignificante. Altos e baixos não cansaram de se alternar e trouxeram tensões. Se fosse para eu discorrer sobre os conflitos e perrengues que encarei em 2016, teríamos aqui outro livro a ser escrito. Então, poupemos a mim a longa escrita e a vocês a exaustiva leitura indo direto ao ponto: apesar dos pesares, 2016 trouxe também muita coisa maravilhosa pra minha vida!

Pra começo de conversa, eu viajei pra caramba, coisa que amo, e reencontrei amigos queridos. Venci muitos desafios, aprendi muita coisa e me senti mais forte com isso. Dei passos super importantes, como a conquista do título de mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital. E foi pensando nessas e em todas as outras coisas boas que me ocorreram nesse ano que decidi produzir um vídeo no qual conto em mais detalhes tudo sobre meu 2016 através de desenhos. Não sou uma grande desenhista, mas dizem que o que vale é a intenção! Aí está o resultado:

Por fim, desejo a todos um excelente 2017, cheio de felicidade, amor e prosperidade! Que o próximo ano seja melhor que o anterior. Sempre!

As LIÇÕES que aprendi quando deixei o Brasil